O Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional (PGDSCI) está organizado em três linhas de pesquisa:

LINHA 1 - DESENVOLVIMENTO, CULTURA E COOPERAÇÃO
Esta linha de pesquisa reúne investigações acerca das complexas relações entre cultura, cooperação e desenvolvimento, partindo da cultura como elemento central. Nesse sentido, busca-se compreender a criação, recriação e  expressão  de  relações  sociais  e  convivência  humana  em  que  subjazem  e  coexistem  harmonias, tensões e conflitos, silenciamentos próprios de preconceitos, estereótipos e discriminações raciais e sociais em formas   e   interações   complexas.   A   partir   de   perspectivas   críticas   aos   temas   cultura,   cooperação   e desenvolvimento,  questionam-se  seus  pressupostos  ainda  hoje  uniformemente  sistematizados,  amplamente reproduzidos e fortemente arraigados. Essas reflexões se articulam à criação e à construção de categorias com bases  endógenas  transformadas  em  instrumentos  analíticos  em  integração  com  os  conceitos  já  bem estabelecidos para o estudo das temáticas das identidades, das diferenças, das memórias, das imagens e dos direitos humanos. O entendimento dessas questões perpassa as representações que potencializam os estudos de políticas públicas, espaços urbanos, ações públicas, trocas e interações comerciais e simbólicas que estão explicitas nas relações entre cultura, cooperação e desenvolvimento. Nessa direção, assume-se aqui o desafio central de privilegiar vozes e sentidos subjetivos e singulares sobre o desenvolver e o cooperar, que vão muito além da crítica ao eurocentrismo. Os trabalhos de pesquisa desta linha estão voltados para a discussão dessas experiências e perspectivas marcadas pelas relações com as realidades vivenciadas em América Latina, África e Ásia no horizonte contemporâneo da globalização dos espaços e dos saberes.

LINHA 2 - DESENVOLVIMENTO, TECNOLOGIAS E POLÍTICAS PÚBLICAS
Essa linha tem como foco a ação pública como promotora do desenvolvimento, da democracia e da participação social, considerando seu caráter multi e interdisciplinar. Discute até que ponto a intervenção estratégica do Estado pode alterar a qualidade de vida das populações e de que forma as políticas públicas levadas a cabo no Brasil são promotoras do desenvolvimento. Nesta linha de pesquisa se incluem estudos sobre os instrumentos de políticas públicas e de gestão, bem como políticas públicas de saúde, de educação, de cultura, de ciência e tecnologia, de segurança pública, de seguridade social, de transferência de renda e de desenvolvimento agrário, urbano e regional. Nesse sentido, a partir da análise das relações entre políticas públicas e desenvolvimento discute como essas políticas em geral podem contribuir para se alcançar o desenvolvimento, qualificando-o.

LINHA 3 - DESENVOLVIMENTO, SOCIEDADE E POPULAÇÃO
A linha de pesquisa aborda a questão do Desenvolvimento e a sua relação com a dinâmica demográfica, as condições de vida da população no território e as políticas sociais. Para isso enfatiza a análise das relações entre  População,  Estado  e  Sociedade  através  do  estudo  de  políticas  públicas  e  projetos  sociais  para  o desenvolvimento. Os projetos de pesquisa vinculados à linha têm enfocado os seguintes temas específicos: dinâmica populacional e desenvolvimento social e econômico no território; mobilidade espacial e migrações; fatores associados às desigualdades em educação, saúde, trabalho, segurança pública, assistência e previdência social; estudos de raça/cor, gênero e sobre cursos da vida; violências e processos de vulnerabilidade social; pensamento decolonial e intersecionalidade; e avaliação de programas sociais e de cooperação internacional que envolvam a temática população e desenvolvimento.

AGENDA

Contato

Horário de atendimento da Secretaria: 10h30 às 12h00

Email: ppgdsc@unb.br

Telefone: 3107-6365

Go to top